24.03.2020

COVID 19 | 23 de março de 2020

No presente, Monção está a receber pessoas vindas do estrangeiro. De acordo com a determinação da ARS Norte, datada de 20 de março, quem chega ao nosso concelho tem de entrar em isolamento imediato, no seu domicílio, durante um período de 14 dias. Quem não cumprir, incorre em crime de desobediência.

Para a concretização desta obrigatoriedade, tanto o Município de Monção como o Centro de Saúde de Monção dispõem de mecanismos de apoio para ajudar as pessoas em situação de quarentena. Temos de garantir a sua saúde e também das pessoas que os rodeiam.

Assim, é extremamente importante que, em caso de necessidade, entrem em contacto com uma das entidades mencionadas. Como alternativa, podem comunicar a situação à junta de freguesia da sua residência que, posteriormente, transmitirá a informação.

Os indicadores nacionais de hoje revelam que a população tem de reforçar os níveis de prevenção e segurança. O CODIV 19 não descansa ao domingo. Portanto, aquilo que aconteceu ontem, em alguns locais do pais, não pode repetir-se. Antes de tudo, está a saúde de todos.

No nosso concelho, continuamos com dois casos confirmados. Mais uma vez, apelamos a todos os monçanenses que mantenham a higienização das mãos, o distanciamento social e o isolamento voluntário em casa.

A prevenção é um ato de generosidade em relação aos demais. Revela também civismo e altruísmo. Valores que devemos cumprir. Para o bem de todos.

Contactos

Município de Monção (TLM 962124664 | gap@cm-moncao.pt)

Centro de Saúde de Monção (T. 251 653 926 | ucsp.moncao@ulsam.min-saude.pt)