19.06.2019

CERIMÓNIA DE ENTRONIZAÇÃO DA REAL CONFRARIA DO VINHO VERDE TINTO

Constituída formalmente em outubro de 2016, a Real Confraria do Vinho Verde Tinto tem como objetivo relançar a produção e comercialização daquele produto vínico da Sub-Região de Monção é Melgaço, procurando igualmente contribuir para a preservação da tipicidade rural e valorização da autenticidade paisagística do território.

No próximo sábado, 22 de junho, realiza-se o 4º capitulo da entronização de novos confrades, cerimónia que decorrerá, pelas 11h00, no Cine Teatro João Verde. Antes, pelas 10h00, a confraria anfitriã recebe as confrarias convidadas, no Museu do Alvarinho, seguindo-se o habitual desfile. Pelas 13h00, encontro marcado na Quinta da Uva para almoço-convívio.

Neste dia, celebra-se um hermanamento com a Confraria dos Vinhos Tintos das Rias Baixas, da Galiza, sendo entronizados os novos elementos da Real Confraria do Vinho Verde Tinto. Entre estes, como confrades protetores as autarquias de Monção e de Melgaço, bem como a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Noroeste.

Como confrades de honra, Anselmo Mendes, enólogo e produtor de vinhos, Armando Fontainhas, presidente da Adega Cooperativa Regional de Monção, e José Emílio Moreira, antigo presidente da cooperativa monçanense e da Câmara Municipal de Monção.

Dos 13 confrades enófilos que serão entronizados, referência para o presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Baptista, o vice-presidente da Câmara Municipal de Monção, João Oliveira, o antigo Alcalde de Salvaterra de Miño, Arturo Grandal Vaqueiro, e o Chefe José Cordeiro, estrela Michelin.